Radiadores fazem parte do sistema de arrefecimento de um veículo, seja um carro, caminhão ou ônibus. Esse conjunto de peças tem como função resfriar o motor para que não ocorram falhas no sistema mecânico por conta de superaquecimentos.

Como são formados os radiadores para ônibus?

Um radiador é composto por depósitos, colmeias e ventiladores que provocam a perda de calor do fluído que transita pelo sistema provocando a diminuição da temperatura.

O líquido que percorre o radiador tem em sua composição água desmineralizada e aditivos. Essa mistura é responsável pela longa vida útil da peça e pelo bom desempenho do arrefecimento.

Para que servem os aditivos em radiadores?

Além de manter a temperatura e impedir que água dos radiadores para ônibus ferva, o aditivo também inibe o processo de corrosão. Utilizar apenas água no depósito do radiador proporciona problemas como ferrugem e corrosão em todas as peças em que tem contato.

Entretanto, caso ocorram falhas e vazamentos nas peças, o que é comum, há a necessidade das trocas.

Outra questão relevante é o tipo de aditivo os radiadores para ônibus podem utilizar. É importante ter a orientação de um profissional quanto a escolha certa e a proporção do fluído de acordo com a quantidade de água do sistema. Além disso, é imprescindível não misturar princípios ativos, isso também pode ocasionar problemas.

Quando trocar os radiadores para ônibus?

Essa questão é bem delicada, afinal, a troca de um radiador é indicada quando a peça está com rachaduras, vazamentos e outros problemas que não tem reparos. Apenas um profissional qualificado durante uma avaliação profunda poderá indicar a troca ou somente o conserto da peça.

O texto acima "Radiadores para ônibus" é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre direitos autorais.