Radiadores para Aeronaves Agrícolas

Desde da primeira aparição, a concepção de aeronave foi sendo modificada, dando origem a diferentes modelos e servindo em vários segmentos. Atualmente, além de dispomos de aeronaves para o setor militar, usufruímos de modelos para o transporte civil, para o lazer e, especialmente, para desenvolvimento agrícola.

Como tudo começou?

O emprego das aeronaves no segmento rural, deu início em 1921 com a primeira pulverização de inseticida sobre uma floresta da região de Ohio nos Estados Unidos da América. Já no Brasil, teve início em 1947 com o objetivo de eliminar as pragas e uma plantação da região de Pelotas, no Rio Grande do Sul.

A partir dessas situações, foram surgindo empresas comprometidas em se especializar nessas atividades, tanto no Brasil quanto no exterior. Esse é um fato que abriu espaço para a elaboração de equipamentos cada vez mais modernos e eficientes.

Os veículos utilizados atualmente, são equipados com acessórios que concedem a simplicidade em atividades como o controle de pragas por meio da pulverização de inseticidas em uma área extensa, a adubação, aplicação de sementes e recolhimento de informações em campos ou terrenos contribuindo para o mapeamento. No caso da segurança, os radiadores para aeronaves agrícolas são os principais equipamentos.

Qual é a função dos radiadores para aeronaves agrícolas?

Sendo que esses acessórios compõem o sistema de arrefecimento, os radiadores para aeronaves agrícolas são responsáveis pela dissipação da energia térmica gerada durante o funcionamento do motor.

Um veículo munido com o radiador adequado, possui um controle de temperatura satisfatório, o que permite um excelente desempenho.

O texto acima "Radiadores para Aeronaves Agrícolas" é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre direitos autorais.