Fábrica de Tanques de Combustível para Aeronaves

Para o abastecimento das aeronaves de pequeno porte, como os modelos agrícolas, desportivos e experimentais, é aplicado a gasolina de aviação. Por mais que essa substância possua um nome similar ao combustível empregado nos motores automotivos, a gasolina de aviação é dotada de propriedades especiais que asseguram tanto o desempenho quanto a segurança durante o voo.

Como funciona o motor de uma aeronave?

Sendo que um motor com ciclo Otto, um dos mais empregados para os modelos de pequeno porte, possui a função de produzir energia mecânica através da queima da mistura do ar com a gasolina de aviação, a GAV, essa atividade pode ser dividida em quatro fases:

Admissão – a mistura é introduzida na câmara de combustão, por meio do vácuo gerado com o movimento descendente do pistão;

Compressão – o pistão executa o movimento ascendente que causa a constrição da mistura, o que resulta no aumento da temperatura e da pressão no interior da câmara;

Combustão – com uma fagulha produzida pela vela de ignição, o composto é consumido, produzindo os gases juntamente à elevada pressão e temperatura. Isso provoca a expansão do pistão, resultando na geração de energia mecânica;

Descarga – essa etapa consiste na liberação dos gases resultantes da queima da GAV, permitindo o início de um novo ciclo.

Pelo fato da gasolina de aviação ser uma substância específica e que necessita apresentar uma determinada pureza, é de suma importância a elaboração de tanques de combustível que possam conter a substância sem apresentar riscos de contaminações e vazamentos.

O texto acima "Fábrica de Tanques de Combustível para Aeronaves" é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre direitos autorais.